ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Levantamento:
 
DANOS CAUSADOS PELA ENCHENTE SO DISCUTIDOS ENTRE CMARA E PREFEITURA
 
17/06/2014
Fonte: assessoria
Prefeito Gilvan e secretrios expe os levantamentos realizados com prejuzos da enchente.

Uma reunião realizada ao final da tarde de segunda-feira, 16, na Câmara Municipal de Prudentópolis, sediada no “plenarinho”, envolvendo representantes dos Poderes Executivo e Legislativo, serviu para discutir e avaliar os prejuízos causados pelas chuvas intensas verificadas no final de semana anterior, e que gerou uma grande enchente, com perdas generalizadas em várias regiões do Sul do Brasil. Prudentópolis também foi atingida com intensidade, contabilizando danos em setores da agricultura, transportes, infraestrutura e habitação. O encontro reuniu o Prefeito Municipal Gilvan Agibert; os Secretários Municipais da Assistência Social, Jeane Maria Servat Agibert; da Agricultura, Edgard Pilati Júnior; da Saúde, Gustavo de Césaro; da Educação, Maria Helena Maia de Oliveira; do Meio Ambiente, Marcelo Charnei; dos Transportes, Augusto Ternoski, além do Procurador Geral do Município, Paulo Guedes, e chefes de departamentos ligados ao setor de infraestrutura. Da Defesa Civil, participou o Coordenador Maurício Campolin; Da Câmara Municipal, estiveram presentes o Presidente Júlio César Makuch; além dos Vereadores Marcos Vinício dos Santos, José Adilson dos Santos, Valdir Krik, José Amilcar Pastuch, Dr. Darley Marcos da Rosa, Osmar Pereira e João Michalichen Neto. Ao abrir o encontro, o Prefeito Gilvan fez uma explanação do quadro encontrado atualmente e dos estragos gerados durante todo esse período crítico. Conforme levantamentos efetuados pelas respectivas secretarias envolvidas, o montante alcança cifras expressivas. Na agricultura, por exemplo, são mais de 140 mil litros de leite deteriorados, por falta de condições de armazenagem e transporte; grande quantidade de maracujá que deixou de ser colhida e transportada em tempo hábil; em torno de 30% da safrinha de feijão que ficou sem colheita nas lavouras e acabou brotando e apodrecendo; na piscicultura, estima-se que mais de 100 toneladas de peixes foram levadas pelas águas dos rios que transbordaram sobre açudes; no setor de transportes foram quilômetros de estradas avariadas por formação de atoleiros, erosões e valetas, removendo revestimento com cascalho e impedindo o tráfego normal de veículos; mais de 100 bueiros destruídos total ou parcialmente, isolando localidades e prejudicando acessos; pontes foram mais de 50 unidades que foram inteiramente destroçadas, e mais de 60 que sofreram abalos em suas estruturas, com quebra de vigamento, danos no tablado ou desmoronamento de cabeceiras, o que também gera transtornos e interdições em importantes estradas vicinais. No setor educacional, centenas de alunos ficaram sem aulas na cidade em virtude da interrupção no fornecimento de água tratada, no quadro urbano. Já no setor rural, os ônibus escolares estão impedidos de acessar muitas localidades, até que a situação seja restabelecida. Na assistência social, foram contabilizadas 63 famílias atingidas pela enchente que assolou suas residências, com mais de 25 registrando perdas totais em seu mobiliário e pertences, em diversos pontos da cidade, principalmente Vila da Luz. “Estamos todos preocupados com esta situação, visto que estes setores precisam de ações imediatas para reparação, já que muitas coisas têm de ser totalmente refeitas. Por isso precisamos nos unir neste momento crítico e juntos tentarmos implementar ações emergenciais”, comentou Gilvan. Os Vereadores também se manifestaram expondo situações que comunidades interioranas registraram com as chuvas intensas e os prejuízos registrados. Regiões como Ponte Nova, Patos Velhos, Água Fria, Taboãozinho, Matão, Terra Cortada, Inspetor Carvalho, Xaxim, Rio do Meio, Barra Bonita, Barra Vermelha, e do Distrito de Jaciaba foram as mais citadas com estragos generalizados. O Presidente Júlio César Makuch destacou que os poderes constituídos devem se unir para o bem comum da comunidade neste momento difícil, e que soluções emergenciais devem ser analisadas e discutidas para gerar obras de recuperação aos cidadãos da cidade e interior. 

 
 Galeria de Fotos
Prefeito Gilvan e secretrios expe os levantamentos realizados com prejuzos da enchente. Vereadores, Secretrios e Defesa Civil, discutem a situao gerada pela enchente e aes emergenciais necessrias
 
 Outras Notícias
» PADRE ESTEFANO, DA OSBM, RECEBE HOMENAGEM DA CÂMARA
» JAISON KUHN É ELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA PARA O PRÓXIMO BIÊNIO
» DESEMBARGADOR LUIZ FERNANDO PENTEADO É HOMENAGEADO PELA CÂMARA
» CÂMARA DEVOLVE RECURSOS DO ORÇAMENTO AO MUNICÍPIO
» TENENTE WALLA RECEBE HOMENAGEM PELO TRABALHO REALIZADO NA COMPANHIA
» CÂMARA ESCLARECE SOBRE QUESTÃO DA LEI DOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS
VER TODAS
 

Horário de Atendimento: 08:30h às 17:00h - Email: atendimento@cmprudentopolis.pr.gov.br
Telefone: (42) 3446-8600